Diabetes gestacional: sintomas, tratamentos e a causa

O que é Diabetes gestacional e quais os sintomas?


Olá pessoal, tudo bem???
Todas nós sabemos da importância de fazer o pré natal certinho durante a gestação, principalmente porque a gestante pode ter diabetes gestacional e não saber.
Por isso hoje iremos conversar sobre o assunto e saber quais são as causas, o sintoma e o tratamento dessa doença.
O que é Diabetes gestacional e quais os sintomas?


O diabetes gestacional é uma condição caracterizada por hiperglicemia (aumento dos níveis de glicose no sangue) que é reconhecida pela primeira vez durante a gravidez. A condição ocorre em aproximadamente 4% de todas as gestações.

Geralmente, o diabetes gestacional se cura logo após o parto. Mas se você teve diabetes gestacional, você está em risco para o diabetes tipo 2. Dessa forma, é importante manter os cuidados e acompanhamento médico mesmo após ter o bebê.


Quais são a causa da diabetes gestacional?

Não se sabem ao certo por que o diabetes gestacional se desenvolve. Sabe-se que o diabetes normal acontece quando pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque este hormônio não é capaz de agir de maneira adequada (resistência à insulina). Seu corpo digere o alimento que você come para produzir açúcar (glicose) que entra em sua corrente sanguínea. A insulina promove a redução da glicemia ao permitir que o açúcar que está presente no sangue possa penetrar dentro das células, para ser utilizado como fonte de energia. Portanto, se houver falta desse hormônio, ou mesmo se ele não agir corretamente, haverá aumento de glicose no sangue e, consequentemente, o diabetes.

Durante a gravidez, a placenta, que liga o seu bebê para seu suprimento de sangue, produz altos níveis de vários hormônios. Quase todos eles prejudicam a ação da insulina nas células, aumentando o nível de açúcar no sangue. Dessa forma, uma elevação modesta de açúcar no sangue após as refeições é normal durante a gravidez.

Conforme seu bebê cresce, a placenta produz mais e mais hormônios que atuam no bloqueio de insulina. No diabetes gestacional, os hormônios placentários provocam um aumento do açúcar no sangue em um nível que pode afetar o crescimento e o bem-estar do bebê. O diabetes gestacional geralmente se desenvolve durante a segunda metade da gravidez.

Fatores de risco

Qualquer mulher pode desenvolver diabetes gestacional, mas algumas mulheres estão em maior risco. Fatores de risco para o diabetes gestacional são:

  • Idade superior a 25 anos
  • Histórico familiar de diabetes
  • Diabetes gestacional anterior
  • Bebês de gestações anteriores que nasceram com mais de 4 kg
  • Gestações anteriores com bebê natimorto inexplicável
  • Tolerância à glicose diminuída ou glicemia de jejum alterada (níveis de açúcar no sangue altos, mas não o suficiente para ser diabetes)
  • Aumento do líquido amniótico (uma condição chamada de polidrâmnio)
  • Excesso de peso antes da gravidez
  • Ganho excessivo de peso na gravidez
  • Raças negra, hispânica, indígena ou asiática.

Sintomas de Diabetes gestacional

O diabetes gestacional raramente causa sintomas. Dessa forma, é preciso fazer exames periódicos durante toda a gravidez, principalmente entre as semanas 24 e 28. É importante fazer esses exames uma vez que o açúcar elevado no sangue pode causar problemas para você e seu bebê.

Às vezes, o diabetes gestacional pode causar sintomas. Veja:


  • Aumento da sede
  • O aumento da micção
  • O aumento da fome
  • Visão turva.

No entanto, a própria gravidez causa essas sensações na maioria das mulheres, então isso nem sempre significa que a mulher tem diabetes. Converse com o médico se você tem esses sintomas e não deixe de fazer os exames pré-natais.

Tratamento de Diabetes gestacional


Se você tem diabetes gestacional, você deverá fazer mudanças de estilo de vida para ter uma gravidez tranquila:
Monitorar seu açúcar no sangue

Enquanto você estiver grávida, deverá verificar o seu açúcar no sangue quatro a cinco vezes por dia - de manhã em jejum e após as refeições - para se certificar de que eles permanecem dentro de uma faixa saudável. Isto pode parecer inconveniente e difícil, mas vai ficar mais fácil com a prática.

Sua equipe de saúde vai monitorar e gerenciar o açúcar no sangue durante o parto. Se o seu açúcar no sangue sobe, o pâncreas do bebê pode liberar altos níveis de insulina - o que pode causar hipoglicemia em seu bebê logo após o nascimento.

Dieta saudável


Comer os tipos certos de alimentos em porções saudáveis é uma das melhores maneiras de controlar o açúcar no sangue e evitar o ganho de peso. Os médicos não aconselham perder peso durante a gravidez - o seu corpo está trabalhando duro para fazer o bebê crescer. Mas o médico pode ajudar a definir metas de ganho de peso com base no seu peso antes da gravidez.

Uma dieta saudável inclui frutas, legumes e grãos integrais e limita carboidratos altamente refinados, incluindo doces. Você pode querer consultar um nutricionista ou um endocrinologista para criar um plano de refeições com base no seu peso atual, nível de açúcar no sangue, hábitos de exercício, preferências alimentares e orçamento.


Exercício

A atividade física regular tem um papel fundamental no plano de bem-estar antes, durante e após a gravidez. Exercício reduz o nível de açúcar no sangue, estimulando o corpo a mover a glicose para as células, onde é utilizada para produzir energia. O exercício também aumenta a sensibilidade das células à insulina, o que significa que seu corpo vai precisar para produzir menos insulina para transportar açúcar.

Medicamentos

Se a dieta e o exercício não são suficientes, você pode precisar de injeções de insulina para baixar o açúcar no sangue. Alguns médicos prescrevem um medicamento via oral para controle de açúcar no sangue.

Monitorização cuidadosa do seu bebê

Uma parte importante do seu plano de tratamento está em observar seu bebê. O médico pode monitorar o crescimento e desenvolvimento do bebê com ultrassons e outros testes. Se você não entrar em trabalho de parto no tempo adequado, o médico pode induzir o parto.

Enfim pessoal, sempre muito importante fazer exames para verificar se a saúde esta em dia.
E mais importante ainda é fazer o pré natal certinho para qque sua gestação ocorra tudo bem.

Beijinhos

29 comentários:

  1. quando fiquei grávida eu cuidei muito para não ter esse problema, o bom que a maioria das pessoas ficam sem a diabete depois da gestação;
    beijos

    Cris Artigos Femininos
    Canal

    ResponderExcluir
  2. nossa foi otimo saber sobre isso.

    beijinhos
    falaseriorah.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Agora tem um exame para as grávidas o Curva Glicêmica.
    Eu fiz, mas por obesidade, mesmo

    beijos

    Mari do Like a Make
    http://www.likeamake.com

    ResponderExcluir
  4. Tive muito medo de ter diabetes durante a gravidez
    sempre ficava de olho e pedia orientações a médica
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Nunca engravidei mas tenho muito medo de ter diabete durante minha gravides se um dia eu estiver gravida
    bjos
    http://www.brunasmiderlemantovani.com/

    ResponderExcluir
  6. Isso é um problema que precisa ser divulgado mesmo, na gravidez a mulher fica muito sensível e a probabilidade disso aparecer é um pouco mais alta, principalmente quando se tem histórico familiar,e bom sempre ficar atenta aos sintomas. Muito bom sua postagem.
    ✡✡Blog Com Mãos de seda ✡✡
    ✡✡Fan Page do Blog✡✡
    ✡✡Participem de nosso Grupo✡✡

    ResponderExcluir
  7. GOSTEI DO POSTE,TEMOS QUE NOS CUIDAR,PRINCIPALMENTE NA GRAVIDEZ QUE FICAMOS MUITO SENSIVÉL,PARABENS PELO POSTE BEIJOS

    ResponderExcluir
  8. Uau eu não imaginava isso, eu não sabia dessa informação, diabetes gestacional, temos mesmo que ter todo cuidado na hora de engravidar, ou fazer o pré-natal, gravidez é um momento tão mágico e único e ainda temos que enfrentar esses riscos, que bom que a medicina está cada vez mais se avançado. bjs

    ResponderExcluir
  9. Realmente os sintomas da diabetes gestacional se confundem facilmente com os sintomas comuns da gravidez né?

    ResponderExcluir
  10. muito importante post cada dia mais esse problema vem acompanhando as gestantes

    ResponderExcluir
  11. Informações importantes, gravidez é coisa séria e diabete também, ótimas informações para as gestantes, Shairane beijos.

    ResponderExcluir
  12. Graças a Deus não tive nada na minha gravidez, mas fiz tudo certinho com acompanhamento médico. Teu post é um alerta para as mães ou futuras mamães ficarem atentas e não ter problemas nessa fase que na minha opinião é a mais linda passagem na vida de uma mulher. Parabéns pelo post Shairane!

    Bjos
    Minda

    ResponderExcluir
  13. É um risco e as gestantes tem mesmo que cuidar. Por isso é importantíssimo o pre natal, mas acredita que tem gente que não liga.
    Ótimo post!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. É um risco e as gestantes tem mesmo que cuidar. Por isso é importantíssimo o pre natal, mas acredita que tem gente que não liga.
    Ótimo post!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito do post, bem esclarecedor. bjuss

    www.kamilatchara.com.br

    ResponderExcluir
  16. Tenho muito medo de engravidar novamente. Estou acima do peso, falei com meu esposo que só engravido se estiver no meu peso ideal, sendo sincera, já é difícil carregar um barrigão estando com seu peso normal e com a saúde em dia, agora imagino hoje em dia que meu peso está elevado, minhas taxas também não estão muito boas, acho que primeiro tenho que controlar tudo isso. Afinal a minha saúde e a do bebê agradecem. Como toda doença silenciosa essa é super perigosa, exatamente por isso, a pessoa não sente e se não fizer o pré natal direitinho vai pensar que está tudo bem. Achei valiosíssimas suas informações. Parabéns pelo post. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Mega importante sua postagem
    ficar por dentro de tudo o que ocorre e dos sintomas é muito válido pra grávida quanto para o bebê
    gostei
    bjs

    ResponderExcluir
  18. uma amiga teve diabetes na gestação dela
    ela fez o tratamento certinho hoje o açuca no sangue dela esta controlado mas é muito importante se cuidar npe
    adorei o post
    bjs
    http://clubedabelezaemaquiagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Não sabia disso, super importante para quem está gravida ou pretende engravidar!

    ResponderExcluir
  20. Um alerta perfeito e importante sem dúvida
    Seu post foi maravilhoso, pois me fez saber ainda mais sobre esse tipo de diabete

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
  21. Minha prima teve e terve que mudar totalmente a alimentação mas graças a Deus deu tudo certo e hoje está normal beijos

    ResponderExcluir
  22. É um assunto bem sério né?! Tem que tomar os cuidados direitinhos pra conseguir levar com mais tranquilidade a gravidez. Essas informações são preciosas!!!

    ResponderExcluir
  23. Olá, primeiro quero falar que amo seu blog!!!
    Esse assunto é muito importante e precisa ser visto de perto pelas gestantes, na minha gestação eu fiquei internada no setor de alto risco e muitas gestantes lá tinham diabetes gestacional, alguns bebes inclusive nasceram com a glicemia alta, parabéns pelo post. Posso fazer um pedido? não sei se já tem no seu blog, mas poderia fazer um falando sobre pressão alta na gravidez? eu tive pré-eclampsia e precisei ficar quase toda a gestação internada, acho que seria muito interessante esse assunto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beatriz, fiquei muito feliz com seu comentário tão carinhoso!
      Pode deixar que muito em breve falarei sobre a Pressão alta na gravidez, obrigada pela dica amiga.
      Pode deixar mais sugestões sempre que quiser, pois esse blog é feito com muito carinho para vocês!
      bjcas!!!!

      Excluir
  24. Ótimo post de alerta para as futuras mamães.
    Eu graças a Deus não tive em nenhuma das minhas duas gestações.

    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  25. Eu pretendo ter no futuro um filho mais morro de medo pq minha mãe sofreu muito no parto, e angariou vários problemas de saude tbm

    ResponderExcluir
  26. oie amore td bem? amei seu post, parabens informação mais q tudo sobre a diabete na gravidez, seu post esclareceu muitas duvidas a todas bjs

    ResponderExcluir
  27. Oie, tudo bem? Realmente a gravidez é um momento bem delicado e é preciso tomar todos os cuidados para não afetar o bebê, não é mesmo? O post esclareceu muitas dúvidas, ótimas dicas de como se cuidar. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    ResponderExcluir
  28. Muito bom essa postagem e divulgar mais esse assunto.

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com a sua visita e o seu comentário!!!
Volte sempre que desejar!!!
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...