Dengue: Entenda mais sobre essa epidemia e os sintomas

Sintomas da Dengue, como identificar e tratar a Dengue

Olá pessoal, esse ano a epidemia da dengue esta muito preocupante, foi pensando nisso que resolvi pesquisar mais sobre o assunto e compartilhar com vocês.

DengueVocê sabia que:

O tempo médio do ciclo é de 5 a 6 dias, e o intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É só depois desse período que os sintomas aparecem. Geralmente os sintomas se manifestam a partir do 3° dia depois da picada do mosquitos.

Os sintomas da Dengue Clássica:

Febre alta com início súbito.
Forte dor de cabeça.
Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos.
Perda do paladar e apetite.
Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores.
Náuseas e vômitos·
Tonturas.
Extremo cansaço.
Moleza e dor no corpo.
Muitas dores nos ossos e articulações.


 Os sintomas da Dengue  hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alerta:

Mais Dores abdominais fortes e contínuas.
Mais Vômitos persistentes.
Mais Pele pálida, fria e úmida.
Mais Sangramento pelo nariz, boca e gengivas.
Mais Manchas vermelhas na pele.
Mais Sonolência, agitação e confusão mental.
Mais Sede excessiva e boca seca.
Mais Pulso rápido e fraco.
Mais Dificuldade respiratória.
Mais Perda de consciência.


Na dengue hemorrágica, o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória e choque, podendo levar a pessoa à morte em até 24 horas. De acordo com estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 5% das pessoas com dengue hemorrágica morrem.
O doente pode apresentar sintomas como febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, náuseas ou até mesmo não apresentar qualquer sintoma. O aparecimento de manchas vermelhas na pele, sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes podem indicar a evolução para dengue hemorrágica. Esse é um quadro grave que necessita de imediata atenção médica, pois pode ser fatal.


Aprenda a identificar o Mosquito da Dengue:
dengue



A dengue pode ser transmitida por duas espécies de mosquitos (Aëdes aegypti e Aëdes albopictus), que picam durante o dia e a noite, ao contrário do mosquito comum, que pica durante a noite. Os transmissores de dengue, principalmente oAëdes aegypti, proliferam-se dentro ou nas proximidades de habitações (casas, apartamentos, hotéis), em recipientes onde se acumula água limpa (vasos de plantas, pneus velhos, cisternas etc.).

O Aedes aegypti

O Mosquito Aedes aegypti mede menos de um centímetro, tem aparência inofensiva, cor café ou preta e listras brancas no corpo e nas pernas.
Costuma picar nas primeiras horas da manhã e nas últimas da tarde, evitando o sol forte, mas, mesmo nas horas quentes, ele pode atacar à sombra, dentro ou fora de casa. Há suspeitas de que alguns ataquem também durante a noite.
O indivíduo não percebe a picada, pois no momento não dói e nem coça.

Modo de transmissão
A fêmea pica a pessoa infectada, mantém o vírus na saliva e o retransmite.
A transmissão ocorre pelo ciclo homem-Aedes aegypti-homem. Após a ingestão de sangue infectado pelo inseto fêmea, transcorre na fêmea um período de incubação. Após esse período, o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus e assim permanece durante toda a vida. Não há transmissão pelo contato de um doente ou suas secreções com uma pessoa sadia, nem fontes de água ou alimento.

O mosquito Aedes aegypti também pode transmitir a febre amarela.

Período de incubação
Varia de 3 a 15 dias, mas tem como média de cinco a seis dias.

O Ciclo do Mosquito
mosquito dengue

O ciclo do Aedes aegypti é composto por quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto. As larvas se desenvolvem em água parada, limpa ou suja. Na fase do acasalamento, em que as fêmeas precisam de sangue para garantir o desenvolvimento dos ovos, ocorre a transmissão da doença.

O seu controle é difícil, por ser muito versátil na escolha dos criadouros onde deposita seus ovos, que são extremamente resistentes, podendo sobreviver vários meses até que a chegada de água propicia a incubação. Uma vez imersos, os ovos desenvolvem-se rapidamente em larvas, que dão origem às pupas, das quais surge o adulto.

O único modo possível de evitar a transmissão da dengue é a eliminação do mosquito transmissor.
A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.

A prevenção é a única arma contra a doença.


A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.
Então pessoal, o que acharam desse post sobre a Dengue??
Você já teve dengue ou conhece aluém que já teve???
Beijinhos!!!

Fonte:AQUI

24 comentários:

  1. Graças a Deus nunca tive, mas minha irmã ficou bem ruim. Os sintomas são assustadores.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Os sintomas da dengue são péssimos, na minha cidade não está tendo muito caso... ainda bem.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  3. É muito bom sempre reforças os perigos.
    Parabens pelo post.
    Um beijo.
    Ca Prado.

    ResponderExcluir
  4. Muito explicativo.. Quanto mais informação maior a prevenção.. Parabéns ..
    http://blogmolecamenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa eu já peguei dengue e posso dizer que foram os piores dias da minha vida , era uma dor horrivel no corpo , não conseguia nem comer ...... aqui em casa eu sou muito preocupada com as crianças , morro de medo delas pegarem dengue , por isso é bom sempre se prevenir!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Todo o tipo de epidemia nos deixa com medo e alerta.
    Como está se espalhando essa epidemia, e que horrível os sintomas dessa doença.
    Tenho muito medo desse mosquito, tão pequenino e tão cruel!
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  7. Esse mosquitinho é um perigo e a dengue é terrivel, muitas vezes confundida com sintomas da gripe também, pelas dores no corpo. A melhor forma é prevenir e deixar a casa limpa, caixa dágua fechadinha.

    ResponderExcluir
  8. Morro de medo da Dengue ainda mais para minha filha, por sorte ainda não tivemos aqui em casa e espero ficar livre dela.

    Beijos,

    www.terapiafeminina.com

    ResponderExcluir
  9. Por aqui não vivo mas
    sem repelentes pois moro na zona rural
    então já viu né
    amei as explicações

    Linda Noite!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
  10. Está preocupante mesmo, e ainda tem gente que não deixa os fiscais ajudarem a combater...
    Ainda bem que os números (pelo menos aqui em SP, que eu saiba) estão começando a diminuir!
    Beijos

    Blog|Canal

    ResponderExcluir
  11. Aqui em Guarulhos a epidemia está grande. Várias pessoas da minha familia adoeceram.

    Beijos!
    www.espacogattena.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. É um post muito útil e que todo mundo deveria ler.
    Muito bacana entender sobre a doença, pois só assim tomaremos mais cuidado.
    Bjus

    ResponderExcluir
  13. Muito legal o post, você sempre informando sobre as coisas atuais, acho isso bastante legal. Eu sempre tomo cuidado, porque já tive e é algo que não desejo a ninguém, a dor é insuportável.. fora isso ainda tive junto uma reação alérgica a um remedio.. foi horrivel.
    Mostrarei seu post aos meus conhecidos,
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi, Shairane!
    Este post foi muito informativo! Mesmo sendo uma doença comum, infelizmente ainda falta divulgação para alertar a população.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Muito bom esse post, estamos precisando saber mais sobre a dengue, afinal ta virando epidemia..
    Beijos

    www.umaboamae.com.br

    ResponderExcluir
  16. ótimo alerta, acho um absurdo depois de tanta campanha virar um epidemia! bjo

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo post, maravilhosas informações !!!
    Aqui em casa todos nós já tivemos dengue :(
    besitos

    blogmeamarro.com

    ResponderExcluir
  18. Menina eu já tive dengue e sofri a beça passei muito mal e o pior atendimento do posto perto de casa está sempre lotado com pessoas com sintomas de dengue .

    ResponderExcluir
  19. Já tive dengue 3 vezes, e aqui em Goiania está uma epidemia, da até medo!
    Meu marido acabou de se recuperar de uma!

    ResponderExcluir
  20. Nossa está uma epidemia mesmo né! Tenho vários familiares q tiveram esse ano!
    Parabéns pelo post! Otimas dicas!
    Beijinhos :*
    www.estiloaqualquercusto.com

    ResponderExcluir
  21. Só de falar ja da um certo medo, aqui na minha cidade ta tendo epidemia, meu cunhado já pegou mas graças a Deus já esta bem. Devemos tomar muito cuidado. BJss

    ResponderExcluir
  22. Já peguei dengue, agora tenho maior medo é do pequeno pegar, sempre bom compartilhar essas dicas sobre a dengue e prevenção
    bjs

    mamaenathan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Boa noite!!!
    Aff nem fale...Que Deus nos livre sempre, pois só sabe quem já teve.
    Vi seu nome no Siga-me e gostaria de receber sua visita em meu cantinho www.profetizandotudoposso.blogspt.com.br
    Se desejar seguir, virei retribuir com muita alegria!

    Deus te abençoe com chuvas de bênçãos!!

    ResponderExcluir
  24. É preciso tomar muito cuidado.
    Tem muitas pessoas ficando doentes. :/
    Bom post, esclarecedor.
    Bjão

    www.blogdajeu.com.br

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com a sua visita e o seu comentário!!!
Volte sempre que desejar!!!
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...