Febre no bebê, entenda mais sobre o assunto e saiba como agir

Entenda mais sobre a febre dos bebês

Olá mamães e papais de plantão, tudo bem com vocês??

Tem coisa que me deixa muito aflita é quando meu bebê tem febre, eu fico muito 

preocupada e inquieta.

Vamos entender um pouco mais sobre a febre??

Você sabia que febre não é uma doença, veja a explicação do Dr. Drauzio Varella sobre 

o que é febre:

Na verdade, a febre não é uma doença; é uma reação do organismo contra alguma 


anomalia. Também não é necessariamente um mal. Nas infecções, por exemplo, ajuda 

sistema de defesa a livrar-se do agente agressor.
Variação térmica
A temperatura corpórea considerada ideal varia entre 36ºC e 36,7ºC. Geralmente, ela 

é mais baixa pela manhã e mais alta no fim da tarde ou à noite. Alterações de até um 

grau podem ser absolutamente aceitáveis em condições normais. Nas mulheres, por 

exemplo, após a ovulação, durante o ciclo menstrual e no primeiro trimestre da 

gravidez, ocorre uma elevação natural da temperatura.
Os infectologistas estabelecem os seguintes limites para caracterizar a febre:
a)     de 37,3ºC a 37,8ºC – febrícula
b)     acima de 37,8º – febre
Por: Drauzio Varella
A febre em bebê só é considerada febre mesmo quando a temperatura na axila da criança é igual ou superior a 38ºC, antes disso ela é considerada como sendo uma febrícula, que geralmente não é motivo de preocupação.
A febre alta, acima de 39ºC em bebês com menos de 3 meses de vida, deve ser comunicada imediatamente ao pediatra, mesmo que não haja outros sintomas, pois bebês muito pequenos podem ter convulsões febris, embora isto não seja muito frequente.
febre no bebê

Como medir a febre no bebê
Para medir a febre no bebê deve-se colocar a ponta metálica do termômetro debaixo 

do braço do bebê, deixando ali por pelo menos 3 minutos, e depois verificar a 

temperatura no próprio termômetro. Outra possibilidade é comprar uma chupeta que 

possui um termômetro incorporado ou usar um termômetro digital, que mostra a 

temperatura em menos de 2 segundos.
Veja outras formas de medir a febre em: Como usar o Termômetro.
O que fazer para baixar a febre do bebê
O que se aconselha fazer para baixar a febre do bebê é:
  • Verificar se o ambiente está muito quente e se possível ligar um ventilador ou o ar-condicionado;
  • Trocar a roupa do bebê por uma mais leve e fresca;
  • Oferecer algo líquido e fresco para o bebê tomar que pode ser leite ou água;
  • Dar um banho, de morno a frio no bebê, evitando a água muito gelada. A temperatura da água deve estar ao mais próximo dos 36ºC, que é a temperatura normal da pele.
  • Colocar uma toalhinha molhada em água morna a fria na testa do bebê também pode ajudar a baixar a febre.
Se a temperatura não baixar com estas dicas em cerca de 30 minutos é recomendado 

ligar ao pediatra para saber a quantidade de remédio para a febre dar ao bebê, que 

são os antitérmicos, prescritos pelo pediatra já previamente.
Normalmente, a febre no bebê pode surgir quando existe uma infeção, após tomar 

vacinas, com o nascimento dos dentes ou em doenças como a catapora, por exemplo.
Febre

O que pode causar febre no bebê
A febre em bebê pode ser causada por diversos fatores, tais como:
  • dente nascendo;
  • após a ingestão de alguma vacina;
  • infecções respiratórias, gripe, resfriado, inflamação do ouvido - otite;
  • doenças virais, como sarampo, catapora ou rubéola,
  • infecções urinárias, que são mais comuns nas meninas, e não geram outros sintomas;
  • infecções gastrintestinais ou meningite.
É importante observar se além da febre o bebê apresenta outros sintomas e informar o 

médico que poderá observar o bebê a fim de diagnosticar a causa da febre e indicar o 

tratamento adequado.
O remédio indicado para baixar a febre no bebê é o Paracetamol, mas ele só deve ser 

usado com o conhecimento do pediatra.
Quando ir ao hospital
É recomendado ir ao hospital, pronto-socorro ou consultar o pediatra quando:
  • A temperatura não baixa mesmo depois de utilizar remédios para baixar a febre;
  • Surgem outros sintomas como vômitos ou falta de apetite;
  • O bebê chora muito ou fica muito tempo parado.
Além disso, se a temperatura subir rapidamente, o bebê estiver pálido e com os 

músculos tensos deve-se levá-lo imediatamente ao hospital para evitar convulsões.


Beijinhos e uma ótima semana a todos!!!

*Imagens e informações retiradas da internet

26 comentários:

  1. Oi tudo bem?
    Que dicas otimas, são pequenas coisas que conseguimos baixar a febre da crianca, muito bom o post. Não sou mae mas terei uma sobrinha nova em 2 meses e acho que vou precisar destas dicas.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Dicas valiosas, ainda mais para mamães de primeira viagem, porque quando somos de primeira viaje bate um desespero!
    Beijos
    Gleysa
    www.demamaeursa.com

    ResponderExcluir
  3. Informações super úteis de ser compartilhadas. Ficarei atenta com meu baby. Abraços! http://www.rubiasolbakken.com/

    ResponderExcluir
  4. Também fico bastante aflita
    pois febre é sinal de que algo não vai bem
    já passei por muitas situações
    com minha baby bem complicada
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Ótimas dicas amiga
    eu tenho medo de febre
    quando as meninas tem faço tudo para
    baixar dou banho remédio
    pois fico aflita

    Linda Noite!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
  6. Deve dar um desespero ver a criança com febre e não saber o que fazer. Gostei das dicas.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  7. Comecei a ficar um pouco menos preocupada, quando a pediatra falou que a febre é o corpo combatendo a algo estranho... mas realmente, não tem como não assustar!
    Com bebezinho então...
    Ótimo post, para todas as mamães, mas principalmente as de primeira viagem...
    Beijos,
    Camila
    www.baudemenino.com.br

    ResponderExcluir
  8. Dicas valiosas para as mamães de primeira viagem, já vou me preparando com suas dicas e guardando pra quando láaa na frente eu tiver meus babys rsrs
    beijocas
    By Jeeh Sena
    Fan Page
    Instagram

    ResponderExcluir
  9. Maravilhoso o post !!!
    Vc acredita q ainda vejo hoje em dia dar banho gelado nos babies com febre ?
    besitos

    blogmeamarro.com

    ResponderExcluir
  10. Muito bom saber um pouco mais.. Porque eu não sabia quantos graus já era febre..
    Sempre ficamos tão nervosas né?
    Beijos

    www.umaboamae.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eis aqui um dos assuntos muito importantes de prestar atenção
    Quando meu filho era ainda bebê, dava febre e eu ficava muito preocupa, as sempre me mantendo calma para cuidar dele, e até hoje com 5 anos, fico super preocupada, mas sei como agir em certos casos, e adoreii as dicas que vc deu, quanto mais a gente saber melhor pra nós e para os nossos pequenos
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Postagem bem feita, li uma matéria na revista Despertai, há um tempo atrás e entendi o assunto, precisa de atenção e cuidados, mas não desespero.
    Achei interessantes os três sintomas finais.
    Gostei, muito útil, até para adultos.
    Blog ArroJada
    Divulgação de Blogs

    ResponderExcluir
  13. Claro que se a febre for muito alta devemos nos preocupar, mas geralmente ela é passageira, né?
    Adorei as dicas!
    Beijos

    Little Bit of Glamour

    ResponderExcluir
  14. Dicas valiosas.
    Quando meu filho tinha febre eu ficava morrendo de preocupação. kk
    Era mãe de primeira viagem, ficava desesperada.
    Bjão

    www.blogdajeu.com.br

    ResponderExcluir
  15. Meus filhos quando tem febre já é para me deixar de cabelos em pé normalmente ele já estão com 39 e febre é aquilo primeiro alerta então todo cuidado é fundamental.

    ResponderExcluir
  16. Não existe nada mais desesperador do que criança com febre.
    E uma febre sempre é sinal de alerta.
    Ótimas dicas.
    Bjão,
    Pri
    www.pareinos25.com

    ResponderExcluir
  17. A febre realmente é sempre motivo de preocupação , ainda mais quando somos mamães de primeira viagem , meu primeiro filho deu uma febre muito alta com apenas 14 dias de vida , levamos imediatamente para o hospital e era infecção no ouvido , eu chorava igual a uma criança rsrsrs , mas graças a Deus ele ficou bem!

    Achei interessante essa postagem e com certeza vai ajudar muitas mamães!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. ótimo post, dicas super importantes!
    parabéns
    bjs
    tititi da dri

    ResponderExcluir
  19. Tem mãe que corre para o médico com 37,5º grau. Como você escreveu, ainda não é febre. É estado febril e devemos acompanhar. Agora a febre mesmo, requer cuidados extras!

    Adorei o post

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  20. O importante é saber e entender o motivo da febre...
    Se for uma reação a vacinas, por exemplo, tudo bem... Mas se for alguma infeção, reação a alguma doença, o ideal é controlar a febre com essas dicas e medidas, porém passar o quanto antes no pediatra para verificar a causa e motivo e tratar...
    O problema da febre pode ser controlada, mas não pode ser o único meio de solução, caso a febre não baixe...
    Adorei o post.
    Bjs
    Ju

    ResponderExcluir
  21. Taí mais hiper dicas de que entende muito bem do que escreve.

    Beijos
    WWW.PAINELPARACONGRESSO.COM

    ResponderExcluir
  22. Morro de medo de febre, sinal que algo não está bem! bjo

    ResponderExcluir
  23. Dicas boas, ainda não sou mãe mas gosto de ficar por dentro para qdo o baby nascer eu saber o que devo fazer.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá !
    Muito boas as dicas, sempre vejo a minha mãe realizando esses procedimentos quando meu irmão está com febre, mas sempre, sempre ela fica nervosa achando que é algo mais grave, as vezes é só ele com calor mesmo hahaha, mas nervoso de mãe todo mundo aceita né? Afinal amor maior não existe!
    Beijooos

    ResponderExcluir
  25. Muito boas dicas febre é sempre alerta eu sempre vou ao medico depois de dois dias quando vai e vem
    é perigoso febre nathan teve principio de pneumonia fico logo assustada
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Oi, Shairane! Dicas maravilhosas para as mamães. Ainda falta tempo para eu entrar neste grupo, mas é sempre bom me informar porque de vez em quando fico tomando conta do meu primo de seis meses, aí já viu, né? Hahaha
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando: Livre-se você também!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com a sua visita e o seu comentário!!!
Volte sempre que desejar!!!
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...