Meu bebê esta com sapinho e agora?

O que é e quais sintomas do sapinho nos bebês??

Olá pessoal, tudo bem??
Semana passada me vi em um dilema " Será que ele ta com sapinho?"
Pois é, como sou marinheira de primeira viagem já podem imaginar minha situação.
Desde que o Rafa nasceu nunca havia usado pomada para assadura, já que ele nunca se assou.
Em uma das trocas de fralda notei que ele estava com uma irritação na pele junto com vermelhidão achei que fosse uma simples assadura e comecei a passar a pomada e nada de melhor só piorava me indicaram usar maisena e também não fez efeito, cancelei o uso de lenços umedecidos porque me disseram que poderia ser alergia aos lenços, então comecei a lavar ele a cada troca de fralda.
Em uma das visitas a casa de minha mãe ela falou que poderia ser sapinho mas eu descartei já que sua boquinha não havia vestígio do tal sapinho.
Os dias foram passando e o Rafinha passou a chorar o tempo todo, ficar irritado então resolvi levar ele no pediatra.
E o Dr. constatou é sapinho, mas só no bumbum na boca não havia nada.
Receito Nistatina solução oral a cada 6 horas e nistatina pomada a cada troca de fraldas.
Ele melhorou e como o Dr. mandou dar apenas 1 vidro de solução oral, quando o medicamento acabou eu cancelei a pomada também.
Todos conhecidos me diziam " tem que ser no minimo 3 vidros de medicamento se não ele volta" eu resolvi fazer conforme a indicação médica e dei 1 vidro só.
Os dias passaram o Rafa voltou a ficar irritado, chorão com as mãos sempre na boca e começou a lesão na pele dele.
Corri para o pediatra e constatou a volta do sapinho incluindo na boca. Afff
Ai eu pensei se eu tivesse dado ouvidos a minha mãe e tantas outros que me avisaram.
Hoje ele esta melhor, mas não descuido a medicação e ele já esta no segundo vidro de Nistatina, aparentemente ele não tem mais nada vamos ver até o fim do tratamento.
Ahh também estou dando chá de sabugueiro dizem os antigos que ele faz o bebê botar o sapinho no coco.

Procurei algumas imagens na internet para mostrar para quem não conhece:





Sapinho nos bebês, o que é?

O nome científico do sapinho é monilíase. Trata-se de uma infecção causada por um fungo chamado candida albicans, o mesmo da candidíase.
Ele pode aparecer na boca - língua, gengivas, parte interna das bochechas e até nos lábios - ou na região perineal, a área que é coberta pela fralda.
As lesões da candidíase oral são mais comuns nas laterais da boca, e às vezes doem bastante. O primeiro sinal pode ser o fato de o bebê chorar quando mama ou quando chupa a chupeta. Outras vezes, porém, o bebê pode não dar grandes indicações de dor ou irritabilidade, mas o aleitamento fica prejudicado.
Caso você desconfie que seu filho está com sapinho, procure as placas brancas características do problema. Lave bem as mãos, cubra o dedo com uma gaze e toque numa das lesões, para ver se ela sai. Muitas vezes ela não sai, mas, se sair, deixará uma área bem vermelha no local onde estava, e pode sangrar um pouco.
No períneo, ele costuma se manifestar na forma de bolinhas avermelhadas. Elas normalmente não geram incômodo, mas, em casos mais graves, podem causar dor, irritação e coceira.

Quais são as causas?

O fungo está presente no sistema digestivo de todo mundo, mas, quando há um desequilíbrio, essa presença se transforma em infecção. Os principais causadores desse desequilíbrio são mudanças hormonais ou o uso de antibióticos -- seja pelo bebê ou pela mãe, no caso de criança que mama no peito, uso de chupetas ou mamadeiras.
Em que idade o sapinho ataca com mais frequência?
Enquanto a criança se valer de mamadeiras, chupetas e fraldas, há o risco da infecção aparecer. Mas os bebês nos primeiros meses de vida estão mais sujeitos pelo fato de ainda não terem o sistema imunológico totalmente desenvolvido. Além disso, os pequenos têm o hábito de botar tudo o que vêem pela frente na boca, um comportamento de risco quando o assunto é sapinho.
 Como evitar?
Para o bebê, use uma gaze com um pouco de água filtrada e fervida (fria ou em temperatura ambiente) depois de cada mamada, para eliminar os resíduos de leite. A esterilização frequente de chupetas e mamadeiras também pode ajudar.
É importante estar sempre atento à higienização de tudo o que vai à boca do bebê. Além disso, arejar áreas cobertas pela fralda também ajuda no combate à formação de ambientes amistosos ao fungo. O ideal é trocar a fralda sempre que estiver úmida.
Para as mães que amamentam, deixar os mamilos tomarem um pouco de ar entre as mamadas ajuda a evitar a micose, e a medida é especialmente importante quando já se está com a infecção -- a umidade é o ambiente ideal para a proliferação dos fungos.
Fique alerta para a candidíase se o bebê estiver tomando antibióticos -- e você também, no caso de amamentar. Os antibióticos matam as bactérias ruins, mas também as boas, que existem naturalmente no corpo. Isso pode favorecer o surgimento da infecção por cândida..
 Como é o tratamento?
Consulte o pediatra se achar que seu filho está com sapinho. Ele pode receitar um medicamento antifúngico. A infecção leva até uma semana para ir embora. Às vezes os médicos recomendam a aplicação de uma pomada antifúngica nos mamilos da mulher caso ela esteja amamentando, para que a infecção não fique passando do bebê para a mãe e da mãe para o bebê.
 Sem confusão
Algumas pessoas ficam com receio quando veem uma criança com sapinho e pensam que se trata de herpes.
“Muitas vezes há alguma confusão entre a candidíase e o herpes, porém as lesões são diferentes, sendo que a herpes nos bebês costuma se apresentar com lesões bolhosas e muita dor.



E vocês já passaram por esse tipo de situação??

beijinhos



Fonte: Site Chris Flores / Babycenter / bebe.com.br 

10 comentários:

  1. Ah! que ele fique bom rapidinho.... tadinho, deve incomodar demais.... Bjus Coisas da Lara

    ResponderExcluir
  2. melhoras para seu pequeno
    linda noite bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que judiação ne?
    bjs
    Lele
    #amigacomenta
    http://www.eueleeascriancas.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Passando pra deixar um grande abraço e dizer que estou de volta!!
    jorge-menteaberta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nunca vi ninguem com sapinho, mas deve ser muito ruim mesmo. Espero que ele estaja melhor. bjs

    ResponderExcluir
  6. Ai que ruim... O Isaac não teve, mas sempre da estomatite, da uma do... Quando teve deu até febre. Melhoras para o principe. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  7. Melhooras para seu bb , gostei mto do blog , seguindo *--*
    princessemcoroa.blogspot.com.b

    ResponderExcluir
  8. Agora amiga muito cuidado e higiene.
    Melhores pro baby
    Bju

    ResponderExcluir
  9. Estou na msm situação fizemos exame de fezes e sapinho só no bumbum pediatra receitou nistalina oral 3× ao dia + candcort pomada 2× dermodex a cada troca. Entou seguindo o tratamento a 3 dias e deixando o maximo de tempo sem fralda pra area ficar arejada mais até agora nao houve nenhuma melhora :( todo coco meu pqueno chora mto estou desesperada ele só tem 24 dias

    ResponderExcluir
  10. Estou na msm situação fizemos exame de fezes e sapinho só no bumbum pediatra receitou nistalina oral 3× ao dia + candcort pomada 2× dermodex a cada troca. Entou seguindo o tratamento a 3 dias e deixando o maximo de tempo sem fralda pra area ficar arejada mais até agora nao houve nenhuma melhora :( todo coco meu pqueno chora mto estou desesperada ele só tem 24 dias

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com a sua visita e o seu comentário!!!
Volte sempre que desejar!!!
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...