10 lições para a criançada comer bem - Editora Abril

Olá,
estava lendo no site da Editora Abril essa matéria e achei muito interessante, então copiei ela para o blog.
Tem muita dica boa para as mamães:




1. Faça refeições em família

"Os pais estão sempre tão apressados que não se sentam com os filhos. A família tem de fazer pelo menos uma refeição por dia (almoço ou jantar) junta", a nutricionista Priscilla Primi Hardt. Se sua rotina é apertada, resgate o momento da família reunida sempre que possível, nem que seja apenas nos fins de semana. 

2. Dê o exemplo

"A gente só aprende a comer vendo alguém comer", diz a nutricionista. Não adianta oferecer frutas, legumes e verduras para seu filho se ele só vê fritura e comida industrializada nas refeições dos pais. "A criança não vai acreditar que você come alimentos saudáveis só porque diz que faz isso." 

3. Procure ajuda de especialistas

 pediatra vai avaliar o desenvolvimento do seu filho para ver se está crescendo e ganhando peso corretamente. Um nutricionista pode ajudá-los a criar um cardápio completo.


4. Leve-os às compras e para a cozinha

Apresente os alimentos. "E ajudar na preparação vai despertando a curiosidade em relação à comida", ensina Priscilla. Claro que a ajuda tem que respeitar os limites da criança: ela deve passar longe do fogo e das facas! 

5. Misture ingredientes de que seu filho goste com outros novos

Ele adora suco de laranja? Ponha outras frutas na bebida. Legumes e verduras podem ser misturados a purês ou virar recheios de omelete, por exemplo. 

6. Substitua um alimento pelo seu equivalente

Se seu filho não come agrião, tente outra folha escura, como espinafre. Não quer grão-de-bico? Vá de lentilha. Não gosta de frango? Dê ovo ou carne. Faça as substituições sempre dentro do mesmo grupo alimentar. 

7. Corte as guloseimas entre as refeições

Defina horários para café, almoço, lanche e jantar, e não ceda. Tenha paciência e não desista de dar a seu filho uma boa alimentação. 

8. Ponha a criançada para gastar energia

Atividade física abre o apetite. Vale tanto praticar esporte quanto ir ao parque, pular corda ou andar de bicicleta e skate. 

9. Insista nos alimentos essenciais

"A proteína é a matéria-prima para ‘esticar’, e o carboidrato dá energia para crescer", ensina a nutricionista. Se seu filho não quer comer nada, "no desespero, ofereça um sanduíche de pão, presunto e queijo. Não dá para virar rotina, mas é um socorro válido porque tem proteína e carboidrato". 

10. Evite pôr muita comida no prato

Variedade é mais importante que quantidade. "Coloque o suficiente para a criança conseguir comer tudo. Quando ela termina a refeição, isso também é uma vitória para ela", diz Priscilla. O excesso de comida pode causar um sentimento de derrota. "Deixe seu filho pedir mais e ensine que nem é educado encher o prato." 








Beijinhos

2 comentários:

  1. Muito legal. Sou totalmente a favor de cortar guloseimas, até depois das refeições. Bjs
    http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com a sua visita e o seu comentário!!!
Volte sempre que desejar!!!
Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...